Pesquisa

Não existem registos

Não existem registos

Não existem registos

A criança que não dorme

 

Muitas crianças podem ter dificuldade em conciliar o sono ao ir para a cama, ou podem despertar durante a noite. As causas são múltiplas: pode ser por fome, dor causada pela dentição ou por outras causas (gases, febre, ou ter a fralda suja).

 

Noutros casos, a dificuldade para dormir pode dever-se a que a criança considera a hora de ir dormir como uma separação dos seus pais, e faz tudo para evitá-la.

 

Esta situação pode chegar a ser um problema, porque as crianças que dormem bem sentem-se melhor durante o dia e têm menos alterações de comportamento.

 

Os pais devem ajudar os seus filhos desde pequenos a ter bons hábitos para dormir.

 

A criança que não dorme

 

 

O que deve fazer?

 

  • Os bebés devem dormir de barriga para cima.
  • O bebé não deve dormir na cama dos pais, pois corre risco de ser sufocado se lhe rebolarem para cima.
  • Deve dormir no quarto dos pais pelo menos até aos 6 meses.
  • A partir dos 6 meses a toma de alimentação noturna não costuma ser necessária.
  • Evite que veja programas de televisão violentos ou simplesmente inadequados. É muito importante conseguir um ambiente tranquilo, realizar atividades relaxantes e evitar aquelas que possam excitar as crianças, ou que envolvam olhar para ecrans luminosos pelo menos 30-60 minutos antes de irem para a cama.
  • Evite as bebidas com cafeína (coca-cola, ice-tea), especialmente à noite.
  • O quarto deve ter uma temperatura agradável e roupa cómoda para a estação.
  • Deite a criança à mesma hora todas as noites.
  • Dê-lhe algum objeto que associe ao sono: boneco, mantinha, etc.
  • Mantenha uma rotina diária todas as noites ao deitar, por exemplo: fazer xixi, lavar os dentes, pôr a criança na cama, contar uma história ou manter uma conversa curta, dar as boas noites e despedir-se, apagar a luz e sair do quarto. Se o seu filho o chamar, tente responder mas sem voltar a entrar. Se ao deixá-lo na cama não chora, mas fá-lo minutos depois, entre e comprove somente que não lhe aconteceu nada.
  • Deite a criança acordada. Deve aprender a adormecer sozinho, sem a atenção dos pais. Evite que o menino associe adormecer com a sua presença.
  • Não deve embalar ou passear a criança para que adormeça. Uma vez que está na sua cama, deve permanecer aí. Não ligue aos protestos ou birras, mantenha uma atitude firme. Não ceda nem desanime, é só questão de umas noites... e paciência.
  • As crianças pequenas costumam acordar várias vezes por noite, mas devem aprender também a voltar a adormecer sozinhos. Se chora e acorda à noite, comprove que está bem e não lhe aconteceu nada. Não lhe pegue, tranquilize-o de maneira breve e deixe-o acordado para que adormeça de novo. Uma criança que adormece sozinha poderá voltar a adormecer com mais facilidade se acordar durante a noite. Se você for ao quarto da criança cada vez que ela acorda, ela exigirá a sua presença para voltar a adormecer.
  • Nunca dê medicamentos para dormir à criança.

 

A criança que não dorme

 

 

Quando consultar o seu médico de família?

 

  • Se a criança ressona e deixa de ouvir o ronco porque deixa de respirar.
  • Se está sonolenta durante o dia.
  • Se não consegue que a criança adormeça.
  • Se a criança tem mais de 1 ano e acorda muitas vezes durante a noite.

 

 

Excerto do Guia Prático de Saúde - da semFYC (Sociedad Española de Medicina de Familia y Comunitaria)

Traduzido e adaptado pela APMGF (Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar), julho 2013.