Pesquisa

Não existem registos

Não existem registos

Não existem registos

Gases. Digestões difíceis

 

Muitas pessoas têm o intestino inchado. «Arrotam», têm gases, enfartamento depois de comer, náusea e ardor.

 

É frequente que tenham estas queixas porque os gases se acumulam no intestino devido à entrada de ar sem que demos conta: por comer depressa, não mastigar bem os alimentos e por vezes apenas por estar stressado ou ansioso e também por ingerir bebidas com gás. Em outras ocasiões não há uma causa clara. Em qualquer destas situações, não deve preocupar-se pois apesar de trazer desconforto não é grave.

 

Gases. Digestões difíceis

 

 

O que deve fazer?

 

  • Na maioria das vezes o seu médico não lhe irá propor realizar qualquer exame. O que tem é benigno e seguramente irá aparecer e desaparecer muitas vezes ao longo da sua vida. Poderá durar anos.
  • Se seguir as regras seguintes irá sentir-se melhor e poderá fazer uma vida normal:
    • Evite os alimentos que o fazem sentir-se mal.
    • Evite comer muito, os picantes e os molhos.
    • Faça refeições menos abundantes. Coma sentado, devagar e mastigue bem os alimentos.
    • Beba poucos líquidos durante as refeições, sempre sem gás.
    • Evite chupar rebuçados e mastigar chiclete.
    • Não fume; sentir-se-á melhor.
    • Não fale acaloradamente enquanto come.
    • Evite o café e o álcool; sentir-se-á melhor.
    • Procure evitar situações de stress.

 

 

Se tem muitos gases

 

  • Diminua ou evite os legumes, o arroz, os guisados, as favas, a couve-flor, a couve, o repolho, os rábanos, as cebolas, as acelgas, as batatas e as sopas.
  • Coma a fruta madura e sem pele. Pode beber sumos, mas sem gás.
  • Reduza o açúcar e evite os alimentos doces e de pastelaria.
  • Coma a carne e o peixe grelhados, assados ou cozidos. Evite fritá-los ou refogá-los.
  • Não beba mais do que um copo de leite por dia. Pode comer iogurte.
  • É frequente que apareça refluxo quando se inclina para a frente. Evite dobrar-se nas 2 ou 3 horas depois das refeições.
  • Não tome medicamentos por sua própria iniciativa. Contudo, se tem dor, tome de preferência um paracetamol. Siga as recomendações do seu médico se este lhe receitou alguma medicação.

 

 

Quando consultar o seu médico de família?

 

  • Se as queixas começaram quando tinha mais de 50 anos de idade.
  • Se as queixas que tem são frequentes e não desaparecem.
  • Se tem perda de peso, vómitos, dor ao engolir os alimentos ou dor de estômago intensa.
  • Se tem fezes pretas (como o alcatrão).
  • Se nota um volume no abdómen que persiste durante todo o dia.
  • Se algum medicamento que toma lhe produz mal-estar.

 

 

Excerto do Guia Prático de Saúde - da semFYC (Sociedad Española de Medicina de Familia y Comunitaria)

Traduzido e adaptado pela APMGF (Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar), julho 2013.