Pesquisa

Não existem registos

Não existem registos

Não existem registos

Inatividade Física

 

Inatividade Física

 

Deixe o Sedentarismo. Faça Atividade Física.

 

 

A Organização Mundial de Saúde estima que o sedentarismo seja responsável por cerca de dois milhões de mortes por ano, a nível mundial.

 

Portugal é o país da Europa com maior taxa de sedentarismo.

 

Cerca de 60 a 80% da população mundial não é suficientemente ativa para obter benefícios na saúde.

 

Exercício físico dá saúde e faz sorrir...

 

As doenças crónicas não transmissíveis, como o cancro, doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2, doenças osteoarticulares e doença mental, são a principal causa de incapacidade e perda de qualidade de vida, sobretudo nos países desenvolvidos. Para prevenir estas doenças, recomenda-se um estilo de vida saudável que inclua a prática de atividade física regular.

 

 

E se o seu médico lhe receitasse caminhadas diárias?

 

Vários estudos têm mostrado que a prática regular de exercício físico está intimamente relacionada com a redução significativa da doença e mortalidade cardiovasculares. Além disso, o exercício físico tem sido utilizado como complemento do tratamento farmacológico (com medicamentos). O exercício físico leva a descidas na pressão arterial, nos níveis de gorduras, no peso e melhoria no controlo da glicose (“açúcares”). Para obtenção dos benefícios descritos, as recomendações internacionais determinam que se realizem, no mínimo, 30 minutos de exercício diário (que pode ser uma simples caminhada) durante 4 ou mais dias por semana.

 

A consulta médica prévia é fundamental no caso dos doentes com fatores de risco cardiovascular.

 

Para a realização de uma prescrição segura por parte do médico, é necessário conhecer os problemas de saúde do doente, a sua medicação habitual, os seus hábitos alimentares e estilos de vida.

 

 

Tenho artroses, posso fazer exercício?

 

A prática regular de exercício físico alivia a dor dos ossos e articulações, melhora a mobilidade das articulações e previne as alterações observadas a nível da cartilagem, ligamentos e músculos. Para o efeito, são recomendados exercícios de intensidade moderada, com uma duração mínima de 30 minutos por dia, cerca de 3-4 vezes por semana. Entre as várias modalidades aconselhadas, salientam-se a natação, andar de bicicleta, exercícios de baixo impacto (como a caminhada ou hidroginástica) e/ou treinos de fortalecimento muscular utilizando pequenos pesos com longas repetições.

 

 

Tenho “ossos fracos”, posso fazer exercício?

 

O exercício físico é apontado por muitos estudos como sendo importante também no ganho e manutenção da massa óssea, tendo um efeito positivo na osteoporose, através do aumento da massa muscular, da massa óssea, do equilíbrio e da diminuição do risco de fraturas.

 

Relativamente ao tipo de exercício para a osteoporose, aconselham-se treinos de sustentação do peso do corpo, treinos de força e de flexibilidade. Destes são alguns exemplos: a marcha rápida, a prática de dança, uso de pesos livres/elásticos ou Pilates/Body-balance.

 

 

E em doenças como a depressão?

 

Tem sido mostrada a importância da atividade física na saúde mental, principalmente na depressão. Já dizia o ditado “Mente sã em corpo são”... São várias as vantagens, desde a sensação de bem-estar no imediato até ganhos a nível de imagem corporal, confiança, autoestima e humor. Há ainda a vantagem da interação social, forte aliada no tratamento da depressão. O exercício deve ser iniciado lentamente e de forma gradual até atingir intensidade moderada. As modalidades mais aceites são as de fácil realização, promovendo controlo da respiração e concentração (Tai chi, Yoga e Pilates). Uma atividade exigente e vigorosa não está recomendada. Aconselha-se a prática de exercício 3 vezes por semana, com 45-60 minutos de duração, durante, pelo menos, 10 a 14 semanas consecutivas.

 

 

Se pretende ter uma vida saudável, seja mais ativo

 

Que tal ir a pé para o local de trabalho? Ou se usa transportes públicos, pode sair uma ou duas paragens mais cedo e andar a pé. Experimente utilizar as escadas em vez do elevador, passear com o cão, andar de bicicleta ou realizar outra atividade física que seja do seu agrado (ficar no sofá a pressionar os botões do comando não conta!).

 

 

Atividades

 

Porto + Ativo

 

 

O exercício físico é benéfico quando é efetuado de forma regular, moderada e gradual.
Consulte o médico antes de iniciar um programa de treino e escolha uma atividade que possa praticar com prazer.