Pesquisa

Não existem registos

Não existem registos

Não existem registos

O que é a Endocardite e como pode ser prevenida

 

A endocardite é uma infeção do coração que afeta sobretudo as suas válvulas. É pouco frequente, mas grave.

 

Produz-se quando algumas bactérias passam para o sangue durante a realização de certas operações cirúrgicas, tratamentos ou técnicas médicas. As operações com maior risco são as realizadas na boca, garganta, próstata, intestino, apêndice e vesícula. São de risco especial as manipulações dentárias que produzem sangramento. A endocardite pode prevenir-se com toma de antibióticos antes destas situações.

 

As pessoas que apresentam um risco maior são as que têm válvulas artificiais ou doenças das válvulas cardíacas ou ainda malformações do coração. Também está em risco quem injeta drogas nas veias.

 

O que é a endocardite e como pode ser prevenida   O que é a endocardite e como pode ser prevenida

 

 

O que deve fazer?

 

  • Se foi submetido a alguma intervenção cirúrgica ao coração, tem sopro cardíaco ou outras alterações do coração, deve perguntar ao seu médico se tem que tomar antibióticos, quando for ao dentista, quando for operado ou quando for realizar algum exame em que tenham que introduzir algum instrumento no seu corpo.
  • Se o seu médico o confirmar, deve levar uma nota que informe que deve tomar antibióticos para evitar a endocardite. Esta nota deve ser apresentada sempre que lhe façam um exame, uma operação ou sempre que vá ao dentista.
  • A boca e os dentes são focos frequentes de infeções, por isso deve efetuar uma higiene correta deles. Deve escovar frequentemente os dentes, usar fio dental para eliminar restos de comida e fazer visitas frequentes ao dentista.
  • Quando tiver que utilizar antibióticos, dir-lhe-ão qual deve tomar e a dose recomendada, pois consoante a infeção assim se saberá qual o antibiótico que deverá tomar.

 

 

Quando consultar o seu médico de família?

 

  • Se depois de ir ao dentista, de uma operação ou da colocação de uma sonda apresentar febre ou mal-estar geral.

 

 

Excerto do Guia Prático de Saúde - da semFYC (Sociedad Española de Medicina de Familia y Comunitaria)

Traduzido e adaptado pela APMGF (Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar), julho 2013.