Pesquisa

Não existem registos

Não existem registos

Não existem registos

Dor no Estômago. Úlcera do Estômago ou do Duodeno

 

A úlcera do estômago ou do duodeno é uma ferida na pele (mucosa) que recobre o estômago (úlcera gástrica) ou o duodeno (úlcera duodenal). O duodeno vem a seguir ao estômago e é a primeira parte do intestino delgado.

 

O sintoma mais comum é a dor entre o esterno e o umbigo. Nem toda a gente com dor nesta zona tem úlcera. Também se pode ter úlcera e não ter dor.

 

A maioria das úlceras são causadas por uma infeção provocada por uma bactéria chamada Helicobacter pylorii. Outra causa frequente é a toma de medicamentos anti-inflamatórios (para as dores), entre eles a aspirina.

 

Dor no Estômago. Úlcera do Estômago ou do Duodeno

 

 

O que deve fazer?

 

  • Evite as comidas que lhe provocam mal-estar: Picantes, especiarias, pimentos, cebola, tomate, chocolate e outros.
  • Suprima os irritantes do estômago: bebidas com álcool (vinho, cerveja, etc.), café (café com leite), chá preto, bebidas gasosas, sumos de laranja ou limão.
  • Faça refeições frequentes (cinco por dia) e não se deite nas duas horas depois de comer.
  • Deixe de fumar. Sentir-se-á melhor.
  • Reduza o stress.
  • Reveja com o seu médico todos os medicamentos que toma de forma habitual ou esporadicamente por sua iniciativa: anti-inflamatório, etc.
  • Siga as recomendações do seu médico que lhe pode recomendar um tratamento ou um exame complementar: uma endoscopia. A endoscopia consiste em fazer chegar ao estômago um tubo pequeno que tem na sua ponta uma câmara; o tubo é introduzido suavemente pela boca e chega ao estômago para ver toda a mucosa. Não é doloroso. Permite recolher amostras de tecidos (biópsia) e saber se está infetado pela bactéria Helicobacter pylorii.
    • Se não está infetado pode precisar apenas de um medicamento durante algumas semanas.
    • Se está infetado, o tratamento para a infeção durará uma semana e pode combinar dois antibióticos e um anti-ulceroso, que vão aliviar os sintomas e facilitar a cicatrização da ferida. Este breve tratamento cura a infeção para sempre em mais de 90% dos doentes, mas é fundamental que o cumpra. Siga exatamente as instruções do seu médico. Se sentir um ligeiro mal-estar, continue o tratamento, são apenas uns dias. Se não suportar o mal-estar, consulte de novo o seu médico.

 

 

Quando consultar o seu médico de família?

 

  • Com carácter urgente, se tiver fezes com sangue ou de cor negra ou se tiver vómitos frequentes.
  • Se perder peso e apetite.
  • Quando as queixas de dor de estômago forem frequentes e não desaparecerem com as medidas instituídas.
  • Se não tolerar o tratamento para o Helicobacter pylorii ou se continuar com dores após o tratamento.

 

 

Excerto do Guia Prático de Saúde - da semFYC (Sociedad Española de Medicina de Familia y Comunitaria)

Traduzido e adaptado pela APMGF (Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar), julho 2013.