Pesquisa

Não existem registos

Não existem registos

Não existem registos

Entorse do Tornozelo. Reabilitação

 

O entorse do tornozelo consiste numa lesão dos ligamentos do tornozelo produzida por um traumatismo do pé. A parte afetada mais frequentemente é a zona externa do tornozelo. As radiografias são normais. Às vezes fazem-se para excluir outras lesões. Classificam-se em três graus segundo a gravidade da lesão: I (leve), II (moderado) e III (grave).

 

Entorse do Tornozelo. Reabilitação

Figura 1

 

 

O que deve fazer?

 

  • Vá ao seu médico para que verifique o grau de gravidade da lesão.
  • Aplique gelo no local durante 20 minutos várias vezes por dia logo no princípio, para reduzir a inflamação.
  • Faça repouso. Mantenha o tornozelo elevado acima do joelho. Evite apoiá-lo se doer.
  • O seu médico avaliará se deve colocar uma ligadura ou gesso.
  • O grau da lesão é o que determinará o método e o tempo de imobilização, que pode durar de 1 a 3 semanas ou mais, se for mais grave. É o tempo que os ligamentos precisam para recuperar ou cicatrizar.
  • Se precisa de bengala ou muleta, siga os conselhos do seu médico ou enfermeira sobre como deve usá-los.
  • Se precisar, pode associar analgésicos como paracetamol em doses de 500-1000 mg cada 6-8 horas ou anti-inflamatórios como ibuprofeno nas doses recomendadas pelo seu médico.
  • Uma vez passada a dor, deverá recuperar a articulação do tornozelo com um programa de reabilitação que consiste em:
    • Mover o pé para cima e para baixo, e de um lado para o outro. Escreva o seu nome no ar com os dedos do pé (figura 1). Aperte uma bola de ténis contra o chão e com a planta do pé faça movimentos para os lados. Empurre um objeto pesado com ambos os lados do pé, movendo-o para a esquerda e direita.
    • Realize estes exercícios 3 vezes por dia até que consiga movimentar por completo o tornozelo.
    • Uma vez recuperada a mobilidade completa, realize os movimentos do pé utilizando uma banda elástica. Pode utilizar uma fita elástica ou uma câmara de ar da roda da bicicleta; coloque uma ponta da fita no pé e fixe a outra ponta, por exemplo ao pé de uma mesa (figura 2). Inicialmente mantenha a postura do pé durante 3 segundos e repita o exercício. Posteriormente quando não tiver dificuldades em realizar estes exercícios, faça 10 repetições dos mesmos 3 vezes por dia.
    • Caminhe também nas pontas dos pés (figura 3) e mantenha-se de pé unicamente sobre o tornozelo lesionado durante 1 minuto 3 vezes por dia.
  • É aconselhável aplicar gelo durante 10-15 minutos antes e depois de realizar os exercícios.
  • Para voltar a praticar desporto, geralmente recomenda-se que não existam ou sejam mínimas a inflamação e a dor, normalmente, ao fim de várias semanas.
  • Nos entorses mais graves é uma boa ideia proteger o tornozelo com uma ligadura funcional, uma meia elástica, ou uma ortótese, para diminuir a probabilidade de novos episódios de entorse.

 

Entorse do Tornozelo. Reabilitação

Figura 2

Entorse do Tornozelo. Reabilitação

Figura 3

 

 

Quando consultar o seu médico de família?

 

  • Se a dor aumentar.
  • Se o inchaço piorar.
  • Se tiver dificuldades em caminhar apesar de seguir corretamente o tratamento.

 

 

Excerto do Guia Prático de Saúde - da semFYC (Sociedad Española de Medicina de Familia y Comunitaria)

Traduzido e adaptado pela APMGF (Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar), julho 2013.