Pesquisa

Não existem registos

Não existem registos

Não existem registos

Cuidados com o oxigénio em casa

 

O oxigénio pode também ser um tratamento necessário, quando o oxigénio está em níveis baixos no sangue. Isto acontece quando os seus pulmões funcionam mal.

 

Utilizando oxigénio em casa, quando indicado, pode evitar muitas complicações da sua doença.

 

Utilização de oxigénio em casa

 

 

O que deve fazer?

 

  • É imprescindível não fumar para poder beneficiar da utilização de oxigénio em casa.
  • É necessário administrar o oxigénio no mínimo durante 18 horas. Deve sempre usá-lo durante o sono, depois das refeições e depois de realizar esforços físicos. Também o ajudará nos acessos de tosse, a expetorar com maior facilidade e em caso de ansiedade. Se for necessário, pode usá-lo durante todo o dia.
  • Evite interromper a administração de oxigénio durante mais de 90 a 120 minutos.

Utilização de oxigénio em casa

  • Aproveite todo o tempo que permanece em casa para utilizar o oxigénio.
  • Existem empresas especializadas, que se encarregam de levar o oxigénio a sua casa e também cuidam da manutenção e da reposição do material que estiver desgastado.
  • A empresa que ficará encarregue do fornecimento do seu oxigénio, fornecer-lhe-á um telefone de contacto, para utilizar em caso de dúvida.

 

Para administrar o oxigénio, existem três tipos de aparelhos – fontes de oxigénio.

 

Bomba de oxigénio

 

  • São garrafas cheias de oxigénio, cuja capacidade pode ser de 6, 12 e 30 L. Pesam muito e necessitam ser trocadas com frequência.
  • Tenha algum cuidado ao movimentá-la e faça-o sempre mantendo-a na posição vertical.
  • Abra as válvulas com cuidado e devagar, para evitar saídas bruscas de gás.

 

Concentrador de oxigénio

 

  • Este aparelho extrai oxigénio do ar ambiente e concentra-o. Necessita de estar ligado à corrente elétrica para funcionar. Deve ligá-lo 10 a 15 minutos antes de o usar.
  • Coloque-o a cerca de 20 cm da sua parede, para permitir a entrada de ar.
  • Dispõe de rodas para o mover.
  • É muito ruidoso. Para diminuir o ruído, pode colocar uma manta ou almofada por cima, sem tapar a entrada de ar.
  • É conveniente dispor sempre de uma garrafa de oxigénio, para utilizar em situações de corte de eletricidade.
  • Tem que limpar uma vez por semana o filtro com água e sabão.

 

Oxigénio líquido

 

  • Estes aparelhos têm uma parte fixa e outra portátil. A parte fixa é um recipiente de 30 l, que dura 8 a 10 dias. A partir deste recipiente se carregam pequenos contentores portáteis, em mochilas, que pode levar consigo para fora de casa, tendo uma duração de 6 a 7 horas.
  • Mantenha sempre a mochila em posição vertical.
  • O oxigénio líquido está a temperaturas muito baixas. Se lhe tocar, pode provocar queimaduras na sua pele.
  • Deve manter este aparelho sempre afastado de locais quentes – cozinha, forno, etc.
  • Ninguém deve fumar dentro de casa!
  • Em caso de incêndio, feche imediatamente a fonte de oxigénio.
  • Através dos óculos nasais, o oxigénio chegará aos seus pulmões. São cómodos. Permitem-lhe comer, falar, enquanto está a administrar oxigénio. Necessita lavá-los e esterilizá-los todos os dias. Se tiver problemas no nariz, poderá utilizar uma máscara.

 

 

Quando consultar o seu médico de família?

 

  • Quando sentir mais dificuldade em respirar.
  • Quando tiver febre.
  • Quando aumente a quantidade e altere a cor do muco/expetoração.

 

 

Excerto do Guia Prático de Saúde - da semFYC (Sociedad Española de Medicina de Familia y Comunitaria)

Traduzido e adaptado pela APMGF (Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar), julho 2013.