Pesquisa

Não existem registos

Não existem registos

Não existem registos

Zumbido nos ouvidos. Acufenos

 

Chama-se assim a perceção de forma persistente de ruídos nos ouvidos ou na cabeça sem que exista som no ambiente.

 

Este zumbido pode tornar-se contínuo, mudar de tonalidade e ser audível em um ou ambos os ouvidos.

 

É bastante frequente, sobretudo em pessoas idosas.

 

As causas mais frequentes são:

 

  • Rolhões de cera.
  • Infeções respiratórias agudas do ouvido.
  • Lesão no ouvido interno (a nível do nervo auditivo). Relaciona-se com a surdez que ocorre com a idade ou com a exposição a ruídos fortes em jovens.
  • Alterações da pressão arterial.
  • Rigidez dos ossículos do ouvido médio (otosclerose).
  • Muitos medicamentos podem causar zumbidos: aspirina, anti-inflamatórios, antibióticos, diuréticos, sedativos e antidepressivos.
  • Causas menos frequentes: diabetes ou doenças da tiróide.
  • O tratamento será muito diferente consoante a causa. Deve consultar o seu médico e este poderá indicar-lhe o melhor tratamento. No entanto, deve saber que na maioria dos casos não há tratamento específico.

 

Zumbido nos ouvidos. Acufenos

 

 

O que deve fazer?

 

  • Com frequência não se conhece a causa. Confie no seu médico.
  • Tranquilize-se. Faça o possível por não prestar atenção aos zumbidos. Tente não se preocupar com o ruído.
  • Evite a exposição a sons e ruídos intensos.
  • Evite, na medida do possível, a toma de medicamentos que podem produzir o problema.
  • Siga os conselhos e a medicação para controlo da pressão arterial. Diminua a quantidade de sal na sua dieta.
  • Evite os estimulantes: café, chá, bebidas gaseificadas com cafeína e tabaco.
  • Faça exercício regularmente.
  • Durma o suficiente e evite a fadiga.
  • Faça exercícios de concentração e de relaxamento.
  • Tente mascarar o zumbido com outros sons de mais baixo nível.
  • Ponha na mesinha de cabeceira um relógio com tictac ou com rádio (ruído neutro). Isto pode tornar o zumbido menos percetível.
  • Existem aparelhos que emitem ruído neutro. Em alguns pacientes o zumbido pode acabar por desaparecer ao fim de algumas horas da sua utilização.
  • Se tem uma perda auditiva, um aparelho auditivo pode reduzir o zumbido enquanto o usa e às vezes elimina-o provisoriamente. É importante não o usar com o volume alto, porque isso pode piorar o zumbido. Deve informar o especialista de que o seu objetivo é também aliviar o zumbido.

 

 

Quando consultar o seu médico de família?

 

  • Se nota ruídos nos ouvidos de forma persistente.

 

 

Excerto do Guia Prático de Saúde - da semFYC (Sociedad Española de Medicina de Familia y Comunitaria)

Traduzido e adaptado pela APMGF (Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar), julho 2013.