Pesquisa

Não existem registos

Não existem registos

Não existem registos

Hordéolo (Treçolho)

 

Um hordéolo é uma inflamação aguda de uma das glândulas que se encontram no bordo das pálpebras. A glândula enche-se de secreções e cresce pouco a pouco, formando um botão vermelho e doloroso. Às vezes drena por si só, cessando a pressão e dor. De acordo com a sua posição pode ser interno ou externo, dependendo da glândula afetada. Os hordéolos chamados internos são de maiores dimensões e mais dolorosos. Não se conhecem em concreto as causas dos hordéolos.

 

O micro-organismo que causa a infeção é um estafilococo, uma bactéria que se encontra mesmo na pele saudável. Nem sempre é nociva, mas por vezes invade a pele produzindo infeções como furúnculos, abcessos, hordéolos, etc.

 

Os sintomas são o aparecimento de dor, calor e rubor no bordo da pálpebra. Mais tarde forma-se um pequeno abcesso que contém pus e desaparece pouco a pouco ou se esvazia (drena) por si só. Pode haver sensação de corpo estranho.

 

A maioria dos hordéolos não volta a aparecer. No entanto, há pessoas que são propensas a desenvolvê-los. O coçar das pálpebras devido ao prurido em pessoas com alergias, pode predispor à formação de hordéolos.

 

A maioria não necessita de tratamento e cura-se em 2 semanas.

 

Hordéolo (Treçolho)

 

 

O que deve fazer?

 

  • Coloque um pacho quente sobre a pálpebra durante 15 minutos 3 a 4 vezes por dia. O calor local e uma suave massagem podem favorecer a saída de pus e aliviar a dor. Continue a limpeza do olho, mesmo após a drenagem do hordéolo.
  • Lave bem as mãos antes e depois de tocar no olho afetado.
  • Não partilhe toalhas ou lenços, enquanto tiver o hordéolo.
  • Nunca o esprema; frequentemente drenam por si. O pus acumulado sai e o hordéolo cura-se por si só, sem deixar sequelas.
  • Se o hordéolo não melhorar, recorra ao seu médico para que avalie qual o melhor tratamento no seu caso. Em raras ocasiões, pode ser necessário que o oftalmologista o drene cirurgicamente.

 

Se tem hordéolos com frequência siga as seguintes recomendações:

 

  • Lave bem as mãos antes de tocar na pele em torno do olho.
  • Limpe com cuidado o excesso de gordura dos bordos das pálpebras; isso pode ajudar a prevenir o aparecimento de novos hordéolos.
  • Aplique pachos quentes ao menor sinal de aparecimento de um hordéolo. Por vezes, interrompe a sua evolução.

 

Hordéolo (Treçolho)

 

 

Quando consultar o seu médico de família?

 

  • Se o hordéolo piorar ou se não melhorar após 7 dias de tratamento.
  • Se para além da pálpebra também apresentar o olho vermelho ou febre.
  • Se ficar com problemas de visão.
  • Se a luz o incomodar muito ou apresentar muito lacrimejo.
  • Se tiver hordéolos com frequência.

 

 

Excerto do Guia Prático de Saúde - da semFYC (Sociedad Española de Medicina de Familia y Comunitaria)

Traduzido e adaptado pela APMGF (Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar), julho 2013.