Pesquisa

Não existem registos

Não existem registos

Não existem registos

Desconforto Antes da Menstruação. Sindroma Pré-Menstrual

 

É o nome dado ao conjunto de sintomas que surgem 5 a 11 dias antes da menstruação e que desaparecem com o início da hemorragia ou pouco depois.

 

É uma alteração relativamente comum entre as mulheres. Três em cada quatro mulheres já o tiveram ao longo da sua vida.

 

É mais frequente entre os 20 e os 35 anos e vai desaparecendo à medida que a menopausa se aproxima.

 

A natureza e intensidade dos sintomas podem variar de mulher para mulher. Algumas mulheres podem ter dificuldade em fazer a sua vida normal nesses dias. Causa grande mal-estar, mas não é uma doença nem traz perigo para a sua vida no futuro.

 

Desconhece-se a causa deste problema, no entanto, sabe-se que o funcionamento hormonal do ciclo destas mulheres é normal.

 

As queixas mais frequentes são: mal-estar geral, dor de cabeça e nas articulações, edema das mãos, pés e abdómen, tensão mamária, fadiga, náuseas, vómitos ou diarreia, alterações no apetite e no sono, humor deprimido com tristeza e choro fácil, irritabilidade, mau humor e menor capacidade de concentração. Podem surgir também lesões de acne.

 

Desconforto antes da menstruação. Sindroma pré-menstrual

 

 

O que deve fazer?

 

  • Durante 3 meses, escreva num diário ou caderno, o tipo, intensidade e duração dos sintomas e a sua relação com o ciclo menstrual. O diário ajudará o médico não só a fazer um diagnóstico preciso do problema, mas também a indicar o melhor tratamento sintomático.
  • As seguintes recomendações podem reduzir estas queixas:
    • Faça uma dieta diversificada e equilibrada para que tenha uma digestão fácil. Inclua alimentos saudáveis como fruta e verduras e diminua a quantidade de gorduras. Diminua a quantidade de sal para reter menos líquidos e diminuir a sensação de inchaço e enfartamento. Evite ingerir alimentos que contenham açúcar.
    • Reduza o consumo de álcool, café e chá. Diminuirão os sintomas como a irritabilidade e dormirá melhor.
    • Faça exercício regularmente, pelo menos 4-5 dias por semana durante um mínimo de 45 minutos por dia. Isto melhorará a sua forma física e o seu estado geral e de humor.
    • Realize atividades relaxantes; os métodos simples de relaxamento como o ioga e os exercícios de respiração servem para aliviar alguns sintomas.
    • Medicamentos: os anti-inflamatórios podem aliviar algumas queixas como a dor de cabeça e as dores abdominais.

 

 

Quando consultar o seu médico de família?

 

  • Se as queixas são tão importantes que afetam a sua vida diária ou se estas não aliviam com as medidas anteriores.
  • Se os sintomas emocionais (tristeza, irritabilidade, choro, etc.) são intensos.

 

 

Excerto do Guia Prático de Saúde - da semFYC (Sociedad Española de Medicina de Familia y Comunitaria)

Traduzido e adaptado pela APMGF (Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar), julho 2013.