Pesquisa

Inverno

 

Inverno

 

 

Durante o inverno, há mudanças do comportamento social, com maior tendência para concentração de pessoas em locais fechados, o que pode contribuir para a propagação de algumas doenças infeciosas.

 

Como consequência das situações de frio intenso, são produzidas alterações no organismo que facilitam o aparecimento de doenças como a gripe e outras infeções respiratórias (pneumonia, bronquite, entre outras) bem como o agravamento das doenças crónicas, nomeadamente cardíacas e respiratórias.

 

De forma indireta, o frio pode ainda causar acidentes rodoviários, quedas devido ao gelo, incêndios e intoxicações por monóxido de carbono devido ao uso incorreto ou mau funcionamento de lareiras ou de outros sistemas de aquecimento.

 

No sentido de prevenir os efeitos negativos do frio intenso, a Direção-Geral da Saúde elaborou o Plano de Contingência para Temperaturas Extremas Adversas – Módulo Inverno.

 

Se vai viajar para um local onde as temperaturas são baixas saiba também os cuidados a ter. Encontra mais informações em Férias e Viagens.

 

Poderá saber mais em frio.

 

 

Livro digital "Saúde no Inverno

 

Livro Saúde no inverno

 

 

Vídeos