Pesquisa

Picadas de animais marinhos

 

Nos fundos arenosos ou rochosos das praias pode haver peixes ou outros animais marinhos venenosos, como os ouriços-do-mar e o peixe-aranha. Podem provocar-nos uma lesão ao pisá-los acidentalmente em águas pouco profundas. A picada provocada pela espinha venenosa das suas barbatanas produz dor tipo queimadura e inchaço.

 

As medusas (pequenas alforrecas com longos filamentos, relativamente raras em Portugal) provocam lesões na pele quando entramos em contacto com os seus tentáculos ou filamentos. Produzem dor muito intensa e uma lesão avermelhada em forma de chicotada com bolhas que podem deixar cicatriz para a vida.

 

Picadas de animais marinhos

Picadas de animais marinhos

 

 

O que deve fazer?

 

Informe no serviço de urgências se for alérgico a algum tipo de veneno ou em caso de reação grave depois da picada: dificuldade respiratória, desmaio, enjoo.

 

Picadas por peixes venenosos

 

  • A primeira coisa que deve fazer é sair da água.
  • Lave a zona da picada com água abundante com o objetivo de eliminar o maior número possível de espinhas.
  • Introduza a zona afetada em água o mais quente possível, sem se queimar, durante uns 30 minutos. O calor destrói as toxinas do veneno.
  • Para eliminar o resto dos picos, utilize umas pinças ou luvas protetoras. Se notar que os picos não saem com facilidade, é melhor não continuar a tentar tirá-los, pois poderia introduzi-los mais na pele e facilitar a infeção.
  • Mantenha o membro elevado e em repouso.
  • Pode tomar um analgésico tipo paracetamol (500 - 1000 mg cada 6-8 horas), se precisar.
  • Desinfete diariamente a zona com uma solução antiséptica.

 

Ouriço-do-Mar

 

  • A extração dos espinhos do ouriço-do-mar deve fazer-se com cuidado, rapidez e de forma imediata, já que esta é a forma mais simples. Se o fizer mais tarde, primeiro amoleça a zona com água tépida e salgada, pois os espinhos são frágeis e partem-se com facilidade. Retire o espinho com pinça e assegure-se de que sai inteiro. Não deve mexer nem apertar a zona da pele onde está cravado.
  • Depois, lave a zona com vinagre.

 

Medusas

 

  • Saia da água rapidamente. Não esfregue a zona afetada, nem com areia nem com a toalha.
  • Retire com cuidado os tentáculos que ainda permaneçam pegados à pele. Utilize uma pinça ou luvas protetoras.
  • Depois lave a zona com água salgada abundante. Não utilize nunca água doce ou água fria porque facilita a descarga do veneno dos tentáculos.
  • Aplique frio sobre a zona afetada durante uns 15 minutos.
  • Depois aplique compressas embebidas em vinagre, bicarbonato ou amoníaco durante vários minutos.
  • Pode tomar um analgésico, se precisar. Realize tratamentos diários da lesão.

 

 

Quando consultar o seu médico de família?

 

  • Se o estado geral piorar progressivamente com início de complicações respiratórias, convulsões ou alterações cardíacas.
  • Se não conseguir extrair os espinhos ou espinhas com facilidade.
  • Se aumentar a dor ou o inchaço.
  • Se houver pus na zona da lesão ou surgir febre.

 

 

Excerto do Guia Prático de Saúde - da semFYC (Sociedad Española de Medicina de Familia y Comunitaria)

Traduzido e adaptado pela APMGF (Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar), julho 2013.