Pesquisa

Quando a tiróide funciona pouco. Hipotiroidismo

 

A tiróide é uma glândula que está situada na parte anterior do pescoço e produz a hormona tiroideia. Esta hormona regula a nossa energia e metabolismo.

 

Quando a glândula tiroideia funciona pouco, falamos de hipotiroidismo. Esta carência tem consequências distintas se ocorre durante a infância ou durante a vida adulta.

 

A todos os recém-nascidos é feito um teste para despistar o hipotiroidismo: é o «teste do pezinho».

 

Nos adultos e idosos, o hipotiroidismo é frequente, especialmente nas mulheres. A causa mais importante é a tiroidite auto-imune (desconhece-se o motivo, mas o organismo produz umas defesas – auto-anticorpos – que danificam a própria tiróide).

 

A segunda causa é o tratamento de alguns problemas de tiróide com cirurgia e iodo radioativo.

 

Na maioria dos hipotiroidismos não há bócio (aumento da tiróide).

 

Quando a tiróide funciona pouco, pode notar cansaço, aumento de peso, sonolência, prisão de ventre, sensação de frio, pensamento lento, perda de memória, pulso lento e pele pálida, fria e inchada, sobretudo na face.

O médico diagnostica esta doença com uma análise ao sangue.

 

O tratamento faz-se com a hormona tiroideia em comprimidos, que substitui em poucas semanas a falta de hormona e permite realizar uma vida normal.

 

Se sofrer de hipotiroidismo e ficar grávida, seguramente necessitará de aumentar a dose de hormonas.

 

Quando a Tiróide funciona pouco. Hipotiroidismo

 

 

O que deve fazer?

 

  • Tome diariamente o medicamento, sempre 20-30 minutos antes do pequeno-almoço e de preferência à mesma hora.
  • Habitualmente o tratamento é para sempre.
  • Proteja os comprimidos do calor, humidade e luz.
  • É muito importante não deixar o tratamento porque, se o suspende, em 2-3 semanas reaparecem os sintomas de hipotiroidismo.
  • Tome exatamente a dose recomendada pelo médico. O excesso de hormona também é prejudicial.
  • Se precisa de tomar outros medicamentos, avise o seu médico.
  • É muito importante fazer as análises com a frequência que o seu médico indica, para saber se a dose da hormona que está a tomar é a correta.
  • Se a causa do seu hipotiroidismo é uma tiroidite auto-imune, o seu médico recomendará que os seus familiares próximos também façam uma análise ao sangue para diagnosticar ou descartar precocemente a tendência para desenvolver um hipotiroidismo.

 

 

Quando consultar o seu médico de família?

 

  • Para realizar os controlos da hormona tiroideia que o seu médico indica.
  • Se for diagnosticado hipotiroidismo a algum familiar próximo.
  • Depois de ser operado à tiróide ou se tiver sido tratado com iodo radioativo. Deverá fazer controlos periódicos, porque com o tempo pode desenvolver hipotiroidismo.

 

 

Excerto do Guia Prático de Saúde - da semFYC (Sociedad Española de Medicina de Familia y Comunitaria)

Traduzido e adaptado pela APMGF (Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar), julho 2013.