Pesquisa

Quedas em Pessoas Idosas

 

Quedas em Pessoas Idosas

 

 

Os acidentes são a 5ª causa de mortalidade em idosos e as quedas são a causa mais frequente de acidentes nesta população.

 

Cerca de 30% das pessoas com 65 ou mais anos sofrem, pelo menos, uma queda por ano e dessas quedas resultam cerca de 10 a 15% de lesões graves. Os estudos confirmam que a avaliação dos fatores de risco e a implementação de estratégias de prevenção de quedas tem contribuído para a redução das lesões traumáticas.

 

Existem fatores que predispõem à queda no idoso, nomeadamente relacionados com alterações fisiológicas do processo de envelhecimento, doenças específicas ou uso de medicamentos, assim como os relacionados com o ambiente em que o idoso interage: casa, locais públicos, transportes coletivos. São exemplo do risco ambiental pisos escorregadios, superfícies irregulares e fraca iluminação, bem como o vestuário e calçado inapropriado.

 

Para prevenir a queda deverá estar atento e intervir a nível de:

 

Fatores de Risco Biológico
  • Minimizar os efeitos das doenças crónicas (controlo da tensão arterial / glicémico - “açúcar no sangue”);
  • Gestão de problemas: - visuais (cataratas) / problemas auditivos / neurológicos;
  • Manter uma boa alimentação assim como a ingestão de líquidos;
  • Medidas corretivas dos problemas dos pés e calçado (utilização de material protetor e de calçado antiderrapante);
  • Fazer regularmente exercício físico especialmente treino de equilíbrio, fortalecimento muscular, flexibilidade, coordenação motora e marcha, melhorando a postura.

 

Fatores de Risco Comportamental
  • Evitar o abuso do consumo de álcool;
  • Evitar a automedicação;
  • Evitar o sedentarismo;
  • Ajuste de roupas (não usar roupa que impeça os movimentos ou muito comprida, usar bolsa de trespasse que deixe os braços livres, verificar a ponta da bengala se está desgastada, entre outros;
  • Manter as lentes dos óculos limpas e evitar o uso de lentes multifocais enquanto caminha e, sobretudo, quando sobe escadas;
  • Evitar andar descalço ou o uso de meias em piso escorregadio;
  • Alertar seu médico/enfermeiro se tem tonturas e/ou desequilíbrio.

 

Fatores de Risco Ambiental

 

Adaptação da habitação
  • Na casa de banho: instalar barras de apoio, levantar assentos sanitários, adequar a louça sanitária (cor diferente das paredes e do chão), utilizar tapetes antiderrapantes, cadeira plástica resistente para o banho, evitar cabines de duche de vidro (colocar autocolantes nos vidros);
  • Estabilizar mobiliário, utilizar cadeiras e sofás com braços;
  • Instalar corrimões nas escadas de ambos os lados, que devem estar livres de objetos, aplicando fitas antiderrapantes nos degraus e interruptores de luz, tanto na parte inferior como na superior da escada;
  • Colocar grades na cama, ajustar altura da cama, não utilizar colchões demasiado moles, colocar campainha junto da pessoa, utilizar sistemas de alarme pessoais. Colocar telefone acessível para chamar em caso de emergência;
  • Colocar iluminação adequada e acessível quando está deitado (candeeiro na mesa de cabeceira ou deixar luz de presença acesa durante a noite);
  • Retirar tapetes soltos ou colocar antiderrapantes nos mesmos;
  • Organizar dispositivos elétricos e cabos, manter o ambiente arrumado (brinquedos, sapatos ou cabos espalhados pelo chão);
  • Limitar o acesso de animais domésticos a uma divisão;
  • Não encerar o chão. Evitar o piso húmido;
  • Na cozinha, a altura do balcão deve estar adaptada à pessoa (80-90cm), organizar o material mais utilizado nos armários acessíveis para evitar o uso de escadotes e cadeiras, evitar piso escorregadio.

 

Outras medidas
  • Promover a vigilância pelos familiares;
  • Mobilizar os recursos da comunidade para ajuste da habitação e outros (cama articulada, transportes, bibliotecas, educação, lazer, universidade sénior...);
  • Evitar o isolamento social;
  • Articular com autoridades locais;
  • Procure ajuda / orientação junto dos profissionais da sua Unidade de Saúde.

 

Mais informações:

 

Prevenção de Quedas em Pessoas Idosas (consulte o documento)

 

Tropeções, Quedas & Trambolhões (consulte o livro)

Tropeções, Quedas & Trambolhões

 

“O melhor motivo para optar pela segurança é a sua vida”