Pesquisa

Autismo

 

Sabe o que é?

 

De acordo com os manuais médicos, o autismo, ou a Perturbação do Espetro do Autismo (PEA), é uma condição médica do sistema nervoso central que se manifesta na infância e que se caracteriza por dificuldades na comunicação e interação social e por comportamentos, interesses ou atividades repetitivos e estereotipados.

 

Pessoas com autismo têm dificuldades de comunicação e de interação com os outros. Por exemplo, fazem comentários pouco adequados, interpretam literalmente as conversas, ou seja, não percebem trocadilhos ou ironia, têm dificuldade em interpretar a comunicação sem palavras e a linguagem corporal, e não fazem amizades facilmente. Além disso, são pessoas muito dependentes de rotinas, muito sensíveis a mudanças no seu dia-a-dia ou, por vezes, muito preocupadas com certos objetos, ideias ou temas.

 

Maior gravidade

Ausência de linguagem

Deficiência intelectual grave

 

Com o autismo podem também aparecer outros problemas, como a deficiência intelectual, a hiperatividade, o défice de atenção, a epilepsia, a ansiedade ou as perturbações do sono, que trazem dificuldades acrescidas. As pessoas com autismo podem também fazer coisas excecionais. Por exemplo, fazem cálculos matemáticos extraordinários, pintam muito bem, desenham mapas de cor ou tocam um instrumento de música maravilhosamente.

 

Os comportamentos diferentes das pessoas com autismo surgem com vários graus de gravidade, existindo pessoas que apresentam sintomas leves e outras com sintomas mais graves.

 

Porque esta condição se apresenta de forma tão variada, como um contínuo de problemas de comportamento, é usado o termo espetro do autismo.

 

Menor gravidade

Linguagem fluente, mas peculiar

Dificuldade na socialização

 

Saiba mais no guia O Autismo do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge.