Pesquisa

Infeção urinária na mulher

 

As infeções urinárias são relativamente comuns nas mulheres. O principal motivo destas infeções é o fato do canal pelo qual a urina é esvaziada para o exterior (a chamada uretra) ser mais curto na mulher, o que facilita a chegada dos gérmenes até à bexiga causando uma infeção. Esta infeção pode ocorrer em qualquer parte do sistema urinário como na uretra ou nos rins, mas é mais frequente ela localizar-se na bexiga, causando uma cistite.

 

Por vezes a cistite pode não dar qualquer sintoma mas normalmente aparece dor ao urinar, sensação de ardor ou queimadura ao urinar, necessidade de urinar com maior frequência do que o normal, ter vontade de urinar mas não conseguir, pequenas perdas de urina, urina turva, com mau odor, ou sangue. Quando tal acontecer deverá dirigir-se ao médico. Se este confirmar o diagnóstico prescrever-lhe-á terapêutica antibiótica cuja duração dependerá do tipo de fármaco utilizado, dos sintomas que tenha e de alguns antecedentes pessoais (diabetes, alterações das vias urinárias, etc).

 

Normalmente os sintomas desaparecem 1 a 2 dias após o início da terapêutica. Por vezes a infeção pode voltar a aparecer pelo que o seu médico poderá experimentar diferentes tratamentos. Devem também ser valorizados outros antecedentes como as relações sexuais e por isso deverá seguir as recomendações e as medidas preventivas indicadas pelo seu médico para esses casos.

 

Infeção urinária na mulher

 

 

O que deve fazer?

 

Cumpra a terapêutica prescrita. Se além dos sintomas referidos tiver também alterações do corrimento vaginal informe o seu médico pois poderá tratar-se de outro tipo de infeção que pode dar sintomas parecidos ao de uma cistite mas que requer um tratamento diferente.

 

Para prevenir novas infeções:

 

  • Beba água em abundância.
  • Vá à casa-de-banho sempre que tiver vontade em urinar, não retenha a urina.
  • Urine depois de ter relações sexuais.
  • Se usar o diafragma, cremes espermicidas ou preservativos com espermicidas como métodos anticoncetivos é aconselhável mudar de método; o seu médico irá propor-lhe um alternativo.
  • Procure usar um creme lubrificante antes das relações sexuais se se sentir um pouco seca.

 

 

Quando consultar o seu médico de família?

 

  • Se suspeitar de uma infeção urinária.
  • Se os sintomas persistirem mais de 48 horas após iniciar o tratamento; tal pode ser devido a resistências bacterianas. Por vezes isto acontece porque a terapêutica com antibiótico é feita de forma incompleta ou com tomas irregulares.
  • Se para além dos sintomas anteriormente descritos apresentar náuseas, dor na região lombar ou febre deverá ser consultada pelo médico com urgência.
  • As cistites de repetição não devem ser encaradas como normais ou irremediáveis: podem ser necessários exames complementares e tratamentos de longa duração para a sua resolução.

 

 

Excerto do Guia Prático de Saúde - da semFYC (Sociedad Española de Medicina de Familia y Comunitaria)

Traduzido e adaptado pela APMGF (Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar), julho 2013.