Pesquisa

Eu Respeito

 

Eu Respeito

 

 

O que é o projeto "Eu Respeito"?

 

Este projeto é dirigido a crianças dos jardins de infância e 1º ciclo. O Nico, mascote do projeto, vai visitar as várias escolas da UCC Boavista para fomentar uma cultura de respeito através da sensibilização das crianças para a socialização e o ato de brincar com o próximo e demonstração da importância do respeito por si e pelo outro.

Assim, selecionamos algumas atividades lúdicas que permitem interagir com as crianças e transmitir a mensagem pretendida.

 

Por cada período escolar, são realizadas 3 atividades junto das crianças:

  • Atividade sobre respeito;
  • Sessão de Ioga;
  • Sessão de relaxamento.

 

 

Mas o que é respeito?

 

Respeito é acreditar que outra pessoa é única e diferente, aceitar a pessoa como ela é, sem fazer juízos de valor ou julgamentos sobre as suas características nem as suas decisões. Para além disso, devemos respeitar não só aos outros, mas também a nós próprios.

 

 

O papel do respeito socialmente

 

Enquanto seres sociais, temos liberdade para expressar livremente a nossa opinião, apesar de termos a responsabilidade de respeitar o espaço e a liberdade do outro, ou seja, podemos expressar a nossa opinião desde que esta não afete o outro.

 

As palavras têm um grande poder e por vezes esquecemo-nos que ao realçar certos aspetos negativos sobre alguém estamos a faltar-lhe ao respeito. O facto de nos focarmos nos aspetos bons da pessoa e os expressarmos pode lhes mudar o dia! Assim, vamos ponderar as nossas palavras com cuidado e vamos RESPEITAR e ser felizes!

 

 

O Respeito é como o sorriso: não custa nada e todos gostam

 

 

A problemática do Respeito nos dias de hoje

 

As tecnologias têm assumido um papel cada vez mais dominante na infância, substituindo o lugar dos afetos. O uso excessivo de aparelhos eletrónicos pelas crianças leva a uma diminuição das relações interpessoais com outras crianças, familiares, amigos e até consigo próprios. Segundo a Direção Geral de Saúde (DGS), desde 2011 que o número de perturbações mentais como depressão, a ansiedade e solidão têm vindo a aumentar.

 

Associado a esta realidade, existe uma decrescente utilização das capacidades socio emocionais por parte das crianças (capacidades para exprimir emoções, possuir uma regulação social e conhecimento emocional), daí ser importante intervir nesse aspeto.

 

 

O papel da comunidade escolar

 

Os professores, pais e funcionários são os principais exemplos da criança, para além de exercerem um papel fundamental na sua educação. Assim, é fundamental demonstrar que as pessoas e os afetos são mais importantes do que a tecnologia e o materialismo, valores essenciais para entender o que é o respeito.