Pesquisa

Hepatite Viral Crónica

 

Hepatite significa inflamação do fígado. Chama-se crónica quando dura mais de 6 meses. Depois de uma hepatite viral aguda, a maioria das pessoas recupera totalmente, mas outras não. Os vírus que podem provocar hepatite crónica são os vírus B e C.

 

Estes vírus podem ser contagiados de diversas maneiras:

 

  • Hepatite B: Por relações sexuais, partilha de seringas ou contacto com feridas em pessoas infetadas, por feridas, tatuagens ou piercings feitos com material contaminado, por injeções dadas há muitos anos, quando ainda não se usava material descartável.
  • Hepatite C: Por partilha de seringas com pessoas infetadas, por inalação de cocaína ou crack, por transfusão ou transplante de órgãos realizados antes de 1992. A transmissão sexual não é comum, mas pode acontecer.

 

A hepatite B e C não se transmitem por abraços, beijos, por dar as mãos, partilhar comida e bebida, utilizar os mesmos pratos e talheres, o mesmo local de duche e as mesmas toalhas e lavatório.

 

É natural que o indivíduo não tenha nenhuma queixa e se descubra a hepatite crónica ao fazer análises de sangue e se verifique que há um aumento das transaminases e uma serologia positiva.

 

O vírus da hepatite B pode desaparecer espontaneamente, mas é mais difícil que isto aconteça com o vírus da hepatite C.

 

A doença evolui muito lentamente e muitas pessoas que a têm nunca se vão sentir doentes. Muitas das hepatites provocadas por vírus têm tratamento.

 

Hepatite viral crónica

 

 

O que deve fazer?

 

  • Siga uma dieta normal.
  • Não beba álcool.
  • Pode ter uma atividade física como qualquer outra pessoa.
  • Não tome medicamentos por sua iniciativa.
  • Limpe todas as manchas de sangue com um desinfetante (álcool a 90ºº).
  • Não partilhe agulhas, lâminas de barbear, corta-unhas nem escovas de dentes.
  • Proteja as suas feridas com pensos, para não contagiar outras pessoas.
  • Se tem o vírus da hepatite B, utilize preservativo em todas as relações sexuais. O(a) seu parceiro(a) e as pessoas que convivem consigo devem vacinar-se com vacina da hepatite B.
  • Se tem o vírus da hepatite C, a possibilidade de contagiar o(a) seu(sua) companheiro(a) é muito baixa e no caso de gravidez as possibilidades de contagiar a criança são muito pequenas. Não existe vacina para a hepatite C.
  • Se tem uma hepatite crónica, informe sempre os profissionais de saúde antes que lhe tirem sangue ou tratem feridas.
  • Vá às consultas e realize as análises recomendadas pelo seu médico. Algumas hepatites crónicas podem complicar-se. A hepatite C pode ser tratada com medicamentos. O tratamento normalmente dura cerca de 4 a 6 meses. Os efeitos secundários são frequentes: febre, cansaço, dores musculares, enfraquecimento. A maioria das pessoas prossegue com uma vida normal.

 

 

Quando consultar o seu médico de família?

 

  • Para realizar as análises e os exames indicados pelo seu médico.
  • Quando tiver dúvidas sobre o tratamento ou a evolução da doença.
  • Se pensa que algum elemento da sua família corre risco de se infetar.

 

 

Excerto do Guia Prático de Saúde - da semFYC (Sociedad Española de Medicina de Familia y Comunitaria)

Traduzido e adaptado pela APMGF (Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar), julho 2013.