Pesquisa

Herpes Zoster

 

É uma doença causada por um vírus chamado varicela zoster. A primeira vez que o vírus ataca a pessoa origina a varicela.

 

Depois da varicela, o vírus fica adormecido no corpo. A maioria das pessoas não se apercebe do vírus porque este não origina doença.

 

Contudo, por vezes o vírus ativa-se e origina uma sensação de ardor ou dor em alguma zona da pele, vermelhidão e aparecimento de bolhas: é o Herpes zoster. Não deve confundir-se com o herpes labial, que é causado por outro tipo de vírus.

 

Herpes Zoster

 

 

O que deve fazer?

 

  • Para secar as bolhas, aplique uma loção de sulfato de cobre ou sulfato de zinco. Prepare esta loção misturando 1 g de sulfato de cobre ou de sulfato de zinco que compre na farmácia com 1 l de água da torneira. Embeba um pano ou uma gaze com a loção e aplique durante 10 minutos sobre as bolhas. Repita-o 3 vezes por dia até que as bolhas estejam secas e tenham crosta. Provavelmente necessitará preparar 1 l de loção para cada dia.
  • Através das bolhas pode transmitir-se o vírus da varicela a pessoas ainda não contagiadas. Para evitá-lo, lave as mãos se tocar nas lesões. Se as pessoas que estão à sua volta já tiveram varicela, não há risco de contágio.
  • Utilize roupa confortável que não cause mal-estar ao roçar na pele.
  • Se tiver dor, pode aliviar este sintoma com medicamentos como o paracetamol.
  • A maioria das vezes o Herpes zoster cura sem complicações tendo em conta estes cuidados.

 

Herpes Zoster

 

 

Quando consultar o seu médico de família?

 

  • Se crê ter um Herpes zoster, consulte o seu médico para confirmar o diagnóstico e avaliar o tratamento de que necessita.
  • Na maioria das vezes serão suficientes os cuidados descritos, mas existe um tratamento com comprimidos que se destina a alguns casos:
    • Se tem mais de 50 anos.
    • Se é diabético.
    • Se tem as defesas baixas.
    • Se o herpes se manifesta no couro cabeludo ou na face.
  • O tratamento com comprimidos para estes casos só é eficaz quando se inicia a toma durante os primeiros 3 dias da doença. Por isso é importante que recorra à consulta atempadamente.
  • Deve regressar novamente ao seu médico:
    • Se aparecerem mais bolhas noutras zonas do corpo. Neste caso, pode ser necessário o recurso ao hospital para tratamento. Vigie a pele sã, sobretudo durante os primeiros dias.
    • Se aparecerem crostas amareladas e não curarem. É provável que se tenha infetado e necessite de um tratamento com antibiótico.
    • Se a dor não desaparecer depois de curar as bolhas. A persistência de dor quando o herpes já curou é mais frequente nos idosos. Existe um tratamento para aliviá-la.

 

 

Excerto do Guia Prático de Saúde - da semFYC (Sociedad Española de Medicina de Familia y Comunitaria)

Traduzido e adaptado pela APMGF (Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar), julho 2013.