Pesquisa

Tabaco. “Deixa-o, pela tua saúde”

 

 

Cada cigarro contém cerca de 4000 produtos químicos.

 

Alguns deles são:

 

  • Nicotina: provoca dependência física, a necessidade de fumar.
  • Arsénio: usado como «mata-ratos».
  • Metanol: componente da gasolina.
  • Amoníaco: como o da limpeza.
  • Cádmio: utilizado nas baterias.
  • Monóxido de carbono: como o do fumo dos carros.
  • Formol: utilizado para conservar cadáveres.
  • Alcatrão: contém benzopireno, um potente carcinogéneo.

 

Com cada cigarro, estes produtos químicos passam para os teus pulmões e depois para o teu sangue.

 

Todas as pessoas sabem que fumar pode provocar cancro, mas também tem outros efeitos:

 

  • Mancha os dentes, provoca mau hálito e cáries.
  • Cansas-te mais facilmente a praticar desporto.
  • Pode provocar impotência.
  • Favorece o acne.
  • As constipações duram mais e complicam-se mais.
  • Favorece que poeiras e pólens se acumulem nos brônquios.
  • Provoca doenças como bronquite e agrava a asma.
  • Muitos adolescentes sentem que fumar lhes dá uma sensação de liberdade e independência. As companhias de tabaco sabem-no e gastam milhões em publicidade para te aliciar. Utilizam actores a quem pagam muito dinheiro para fumar nos filmes. Uma vez que desenvolves a dependência, são estas companhias que te controlam.
  • Atenção! O tabaco light vicia de igual forma.
  • É fácil tornar-se dependente. Muitos que fumam pensam que podem deixá-lo facilmente e quando querem. Mas, quando tentam, comprovam que não é assim.
  • 30% de todos os cancros são provocados pelo tabaco. Um em cada 3 fumadores morre antes do que seria esperado, por fumar. O tabaco também reduz substancialmente a qualidade de vida ao longo dos anos, sobretudo em idades avançadas.

 

 

O que deves fazer?

 

Deixa o tabaco; é das melhores coisas que podes fazer a ti mesmo.

 

 

Se o deixares

 

  • Melhorarás a tua pele e voz.
  • Melhorarás a tua capacidade física (em todos os sentidos), o olfato e o gosto.
  • Respirarás melhor e vais-te cansar menos.
  • A roupa não cheirará a fumo.
  • Não terás tanta tosse.
  • Pouparás algum dinheiro!

 

 

Se queres deixar

 

  • Escreve uma lista de razões para deixares.
  • Escolhe uma data para o fazeres.
  • Comenta com os teus amigos e familiares.
  • Deves deixar completamente de uma vez só.
  • É mais simples do que parece. Começar um desporto pode ajudar-te.
  • Não te sintas vítima pela tua decisão, fá-lo porque é o melhor para ti.
  • Evita os ambientes onde se fuma.
  • Se sentes um desejo forte de fumar, respira fundo e sente como o ar limpo entra nos teus pulmões, ou mastiga uma chiclete sem açúcar, dá um passeio e sobretudo não fumes. Este desejo diminui progressivamente a partir da segunda semana de teres deixado de fumar.

 

 

Quando consultar o teu médico de família?

 

  • Se pensas que não consegues deixar sozinho. Por vezes, as pastilhas ou pensos transdérmicos com nicotina podem ajudar. Se pensas que é o caso, o teu médico pode ajudar-te com outros tratamentos.
  • Se fumas e tens tosse quase diariamente, ou te cansas facilmente.

 

 

Excerto do Guia Prático de Saúde - da semFYC (Sociedad Española de Medicina de Familia y Comunitaria)

Traduzido e adaptado pela APMGF (Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar), julho 2013.